IAR Financeira S.A.

Publicado em 14 abr. 2018. Última atualização em 14 abr. 2018

Ementa: 

Trata-se de caso envolvendo uma empresa do setor financeiro que teve notícia associando alguns de seus empregados à
Operação Lava Jato, inclusive citando nomes e cargos exercidos por tais pessoas. Referidos empregados contam, em sua
maioria, com mais de 15 anos de casa – razão pela qual a empresa acredita serem tais acusações inverídicas. Porém, a
empresa vem sofrendo pressões dos investidores estrangeiros para que apure as denúncias e, se constatada a efetiva
participação dos empregados no esquema, dispense-os com justa causa (independentemente da possível condenação
criminal que estes venham a sofrer). Assim, pretende instaurar procedimento administrativo interno para apurar as
denúncias e, após, deliberar sobre a eventual dispensa dos empregados. Para melhor desenvolver o trabalho de investigação,
a empresa pretende suspender os empregados durante referido procedimento interno. A empresa, porém, demonstra
diversas preocupações de ordem trabalhista envolvidas em tal procedimento.

Detalhes da atividade

Instituição: 

FGV DIREITO SP

Área de concentração: 

  • Direito Empresarial

Disciplinas: 

Direito Empresarial do Trabalho

Curso: 

  • Pós-Graduação lato sensu

Palavras-chave: 

  • Procedimento de investigação empresarial de empregados; possível dispensa por justa causa; denúncias de corrupção; questões trabalhistas.

Número de alunos: 

20 a 50

Edição: 

Luciana Helena Gonçalves
Anexos
Este download é disponível somente para colaboradores da FGV

Direitos autorais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Atividades Relacionadas