60f Tele-negociação coletiva | Ensino Jurídico Participativo

Tele-negociação coletiva

Publicado em 26 jun. 2021. Última atualização em 28 jun. 2021
Caso Tele-negociação coletiva

Ementa: 

O caso narrado trata sobre a questão da negociação coletiva em um mundo conectado, em que que pessoas não serão empregados, como sindicatos vão organizar para fazer mobilizações em um mundo em home office. Nele, temos a situação de empregados de uma empresa de telemarketing que passaram a ser teletrabalhadores em razão das restrições trazidas pela pandemia causada pelo vírus Sars-CoV-2. Nesse cenário, o Sindicato, após receber denúncias de empregados, notifica a empresa para que ela demonstre a adoção de medidas para evitar a ocorrência de doenças relacionadas à essa nova modalidade de trabalho. Espera-se dos(as) alunos(as) que eles(as) deem uma solução jurídica para o impasse, mas não apenas na questão de fundo referente à elaboração de cláusulas, mas também sobre os modelos de negociações disponíveis em um mundo conectado. Os métodos utilizados serão o role-play, brainstorming, GV-GO, simulação e o debate.

Objetivo: 

Os objetivos do caso que segue são: que os(as) alunos(as) possam analisar a narrativa do caso proposto e simular como se dará a atuação sindical em um mundo mais conectado, com empregados que estão inseridos em uma cultura digital e, muitas vezes, não costumam prestar muita atenção ao discurso sindical habitual. Além disso, também compõe esse novo meio ambiente de trabalho, o desaparecimento dos grandes conglomerados empresariais que, até então, concentravam vários empregados em um único espaço físico. Nesse contexto, o aluno deverá refletir e debater a atuação sindical, buscando responder, por exemplo, como as entidades irão direcionar sua atuação, para realizar mobilizações; dialogar com a categoria; fazer trabalhos de convencimento; etc. Também compõe a finalidade da atividade o estímulo ao pensamento crítico, visando à proposição de alternativas para solução do impasse apresentado e a identificação de meios que permitam encontrar uma solução justa e satisfativa. Para isso, eles(as) devem aplicar os conhecimentos que serão transmitidos em aula, ao longo da disciplina.

Detalhes da atividade

Nome: 

Caso Tele-negociação coletiva

Instituição: 

FGV Direito SP

Área de concentração: 

  • Direito do Trabalho

Curso: 

  • Pós Graduação Lato Sensu

Palavras-chave: 

  • Negociação coletiva; teleatendimento; home office; compliance trabalhista;

Número de alunos: 

totalmente variável, mas sugere-se um mínimo de 16 alunos e um máximo de 32.

Tempo de aplicação: 

Sugere-se que seja feita em 30 a 40 minutos por aula.
Anexos
Este download é disponível somente para colaboradores da FGV

Direitos autorais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional

Atividades Relacionadas